Qual deve ser meu primeiro cliente?

Uma das perguntas mais comuns que me fazem é: “Paulo, como consigo o meu primeiro cliente?”. É uma pergunta muito importante, sem dúvida, mas outra que acho tão importante quanto é: “Paulo, qual deve ser o meu primeiro cliente?” Atualmente, existem inúmeros estúdios de dublagem na ativa, então realmente não faltam opções para quem já está seguro e deseja se aventurar no mercado. No entanto, será que é válido sair mandando currículo que nem um louco pra todos os estúdios de uma vez só? Pois é, então vai com calma e vamos conversar um pouco mais sobre isso 😉

Ler mais

Anúncios

Pode merchan em dublagem?

Merchandising ou merchan para os íntimos, em uma das acepções do dicionário Houaiss, diz que é “a citação ou aparição de determinada marca, produto ou serviço, sem as características explícitas de anúncio publicitário, em programa de televisão ou de rádio, espetáculo teatral ou cinematográfico etc.” Com certeza, você já deve ter reparado como essa é uma prática extremamente comum em videoclipes, filmes e seriados, por exemplo, correto? É exatamente sobre isso que vamos debater hoje, pois já parou pra pensar como a dublagem lida com essa prática? Será que o merchan é liberado? Vem comigo que eu respondo! 😉

Ler mais

Guest Post #1: Dublando a legendagem

Não tem jeito melhor de começar o mês do que com alguma novidade, né? Neste mês de novembro, eu trago o meu primeiro guest post aqui no Traduzindo a Dublagem. Por incrível que pareça, minha convidada especial ainda não atua muito no ramo de dublagem, mas é uma fera no ramo da irmã da dublagem no universo audiovisual: a legendagem. Quer saber quem é? Então vem 😉

Ler mais

Entrevistados #6: Dudu Fevereiro

Mais um mês e mais uma entrevista exclusiva aqui no blog! Desta vez, trago um convidado mais do que especial, porque ele é um grande amigo e parceiro no mundo da dublagem: Dudu Fevereiro! A gente se conheceu no ano passado e, desde então, trocamos muitas ideias e experiências: eu como tradutor, e ele como dublador e diretor de dublagem. Ficou curioso? Então chega mais 😉

Ler mais

O que fazer ao pegar o bonde andando?

Nunca me esqueço da primeira vez em que peguei o bonde andando como tradutor para dublagem (principalmente porque foi no mesmo ano em que iniciei na área). Um belo dia, estava eu ainda na faculdade, quando um dos meus clientes me ligou em caráter de urgência. O trabalho? Traduzir um episódio da série Brothers and Sisters, dublagem que foi exibida no canal GNT na época. A partir de qual temporada? Da terceira. Já havia um tradutor na série, correto? Não só um, mas dois tradutores! O prazo? Três dias para entregar o episódio. Se eu já conhecia a série? Sabia que era famosa e tinha até amigos que assistiam, mas eu mesmo nunca havia visto um episódio. E agora, José Paulo? Pois é, é sobre esse tipo de situação que vamos conversar hoje, e você vai ver que, na verdade, enfrentar esse tipo de situação é muito mais frequente do que se pensa. 😉

Ler mais

A vida de quem trabalha em casa

Eu, Paulo, vivo como freelancer desde 2012 e aprendi muitas coisas ao longo desse tempo que gostaria de compartilhar com você que pensa em adotar esse estilo de vida, pois existem fatores que devem ser levados em consideração antes de um tradutor tomar essa decisão. Afinal, viver 100% da sua produtividade e ir atrás de clientes não é nada fácil, e esse post não tem a menor pretensão de ser uma cartilha definitiva de como levar uma vida perfeita como autônomo, porque eu poderia escrever um livro inteiro a respeito disso. A ideia aqui é passar um pouquinho das principais coisas que aprendi ao longo da minha carreira e dar alguns conselhos para você conseguir levar essa vida da melhor forma possível 😉

Ler mais

Você, muito provavelmente, já deve ter visto um fenômeno em algumas produções dubladas que eu, carinhosamente, chamo de “trocas desenfreadas”. Golpes, poderes de personagens, bordões trocados e termos-chave que ficam mudando a todo instante são os principais exemplos de uma ausência de coerência e consistência nessas produções. Sempre me perguntei o motivo desse fenômeno e quando me tornei tradutor da área, consegui enxergar alguns dos principais fatores que levam a esse samba, e é exatamente sobre isso que vamos debater um pouquinho hoje 😉

Ler mais

Hoje a comunidade tradutória está em festa!!! Sim, porque hoje é o nosso dia e, obviamente, o dia dele: o dia de São Jerônimo, padroeiro oficial dos tradutores, dos bibliotecários e das secretárias. Para os que não sabem, o dia 30 de setembro é dedicado ao ofício dos tradutores das mais diversas áreas e é quando se celebra também o dia desse santo católico que foi um grande eclesiástico durante sua vida terrena. Mas por que São Jerônimo?

Ler mais

Entrevistados #5: Christiano Torreão

Nesta penúltima sexta-feira do mês de setembro, o quadro especial de entrevistados aqui no blog está de volta! Na semana passada, bati um papo incrível com um grande veterano da nossa dublagem: Christiano Torreão! Com um currículo bastante extenso, Christiano tem mais de 23 anos de carreira e é ator profissional, compositor, dublador e diretor de dublagem. Nosso papo se deteve mais na área de dublagem de games e no papel de Christiano como diretor atuante nessa modalidade. Sendo um fenômeno que vem crescendo muito no Brasil nas últimas décadas, a localização de jogos e, por consequência, a dublagem desses produtos, é um novo segmento para futuros dubladores e para aqueles que já atuam no campo mais convencional de dublagem de filmes, séries e desenhos, por exemplo.

Ler mais

Dublagem e voiceover: qual é a diferença?

O campo do audiovisual, e consequentemente da tradução também, é composto por quatro modalidades principais, cada uma com suas próprias particularidades: a audiodescrição (destinada ao público com deficiência visual), a tradução para legendas (legendagem), o voiceover (também conhecido como V.O) e a tradução para dublagem. Com frequência, muitos perguntam a respeito das principais diferenças entre esses quatro segmentos, e a que vou comentar no post desta sexta é a diferença entre o voiceover e a dublagem.

Ler mais